O que é um produto remanufaturado?

remanufaturado

O que é um produto remanufaturado?

Muita gente está buscando formas de economizar diante a essa crise econômica pela qual o país está passando, e uma das práticas mais populares é consertar aparelhos e objetos antes de partir para a compra de um novo item. No geral, esses itens são chamados de remanufaturados, e têm feito surgir uma gama de novos negócios voltados para a recuperação de artigos dos mais variados tipos. Mas a classificação dos produtos não é tão simples assim, então uma boa pesquisa é válida para entender as características de um produto remanufaturado e não cair em armadilhas adquirindo produtos de má qualidade.

Para ser considerado um bem remanufaturado o produto deve passar pelo processo industrial de remanufatura que é um processo onde há etapas de desmontagens do produto que já foi usado, em sequência é feita a limpeza de suas peças, verifica-se o que é necessário reparar ou substituir já que peças podem estar danificadas, depois é realizado cerca de alguns testes para averiguar a qualidade do produto, em alguns casos como produtos eletro-eletrônicos é realizado o updating e por fim o produto é remontado e deverá estar em perfeitas condições de funcionamento como se fosse novo. Passando por todos estes processos de remanufatura o produto é chamado de remanufaturado.

Quais são os impactos dos produtos remanufaturados?

Sua relevância se estende entre o setor econômico e o ambiental. No primeiro, é evidente que são diminuídas as quantidades em vendas de produtos novos, mas, em contrapartida, cresce um mercado totalmente novo, que pode ainda operar em conjunto com as fabricadoras de produtos novos. Com isso são gerados novos empregos e oportunidades para diversos empreendedores que enxergam no ramo uma forma de realizar o sonho de comandar uma empresa. A questão ambiental é ainda mais relevante no tocante aos produtos remanufaturados, o processo de remanufatura aproveita diversas partes e/ou peças de artigos prontos, impedindo o descarte inapropriado pelos consumidores, além de reduzirem a demanda por mais extração de matérias-primas.

Quais são as diferenças entre os produtos remanufaturados?

As classificações para os produtos são as seguintes segundo a wikipedia:

  • Bem reconstruído (rebuilt): é sinônimo de remanufaturado quando aplicado a peças de motores e sistemas automotivos, mas não ao veículo todo.
  • Bem recarregado (recharged): também é sinônimo de remanufaturado, geralmente aplicado a produtos de imagem, como cartuchos de tinta ou tonner.
  • Bem recondicionado (refurbished): esse termo se refere sobretudo àqueles produtos que apresentaram defeito ainda dentro da fábrica e são ali mesmo reparados. Tal termo é utilizado principalmente para artigos eletrônicos.

Há também diversos outros termos que, embora similares, não podem ser considerados bens remanufaturados:

  • Bem Reciclado (recycled): podem atender alguns requisitos da remanufatura, embora na maior parte das vezes o trabalho executado sobre eles seja pequeno. Ex.: peças de automóveis reaproveitadas de sucata.
  • Bem reparado (repaired): o produto reparado geralmente não recebe tratamento comparável ao do remanufaturado e pode não ter o desempenho de um produto novo similar.
  • Bem restaurado (restored): termo genérico aplicado a bens antigos ou clássicos, de caráter específico.
  • Bem usado (used): produto usado e que não recebeu nenhum tipo de correção ou reparo.
  • Bem recondicionado (reconditioned): termo que possui certas semelhanças com remanufaturado, causando confusão.

Diferenças entre Remanufaturado e Recondicionado

 

Não existe uma distinção muito clara entre esses dois termos no comércio, mas na prática os produtos recondicionados e remanufaturados são muito diferentes. A priori, tenha em mente que um bem remanufaturado precisa passar por um processo industrial, ou seja, ele volta à linha de montagem, seja esta da indústria inicial ou de uma especializada no produto. Por isso os fabricantes insistem em diferenciar as duas coisas, pois o recondicionamento de itens seria o conserto, feito por qualquer um sem a necessidade de um processo industrial envolvendo testes de validação e etc.

Indo mais a fundo, pode se classificar um produto com recondicionado quando ele tem apenas a parte defeituosa consertada, enquanto os remanufaturados têm todas as peças que sofreram desgaste substituídas durante o processo, atendendo às especificações de uma peça completamente nova.

Em cada região socioeconômica e de acordo com as relações de mercado o processo de remanufatura é definido diferentemente, porém alguns aspectos são comuns em todos os processos de remanufatura bem como os testes que são obrigatórios, o controle de qualidade e a garantia de que o produto seja compatível e equivalente ao mesmo prazo de garantia de um produto novo.

Este processo também consome recursos naturais, energia, água, possui a necessidade de ser embalada e utilizar de transporte para a devolução dos produtos. Mas em compensação é uma forma que traz grandes benefícios para o meio ambiente já que a mesma reduz a energia e o consumo de recursos naturais usados para a produção de novos produtos e diminui a quantidade de resíduo dispostos em aterros sanitários.

Como aproveitar essa tendência de mercado

Agora que você já conhece o que são os produtos remanufaturados, pode procurar uma maneira de utilizar essa tendência a seu favor, a premissa está em buscar a redução de custos em uma empresa já existente, ou se inserir em um mercado que parece ser promissor.

Estão aqui destacadas duas opções:

  • A primeira é a de montar um novo negócio especializado em remanufatura de itens.
    Existem vários nichos no qual se pode atuar, desde alguns mais simples como a recarga de cartuchos e tonners de impressoras, até alguns mais complicados como a rebobinação de motores elétricos industriais ou recuperação de peças automotivas.

  • A segunda maneira de aproveitar essa tendência mundial é utilizando produtos remanufaturados dentro da sua empresa. Fazendo isso os custos com materiais serão reduzidos além de acrescentar um teor sustentável às suas atividades.

 Algo interessante a ser observado é que os próprios consumidores têm buscado por opções de conserto e remanufatura, em grande parte isso decorre devido a crise econômica que os leva a serem um pouco mais criteriosos com os gastos, mas também representa um grande avanço contra a cultura do consumismo. Percebe-se um número de pessoas que não está mais enfeitiçada pela máquina de compras que o capitalismo quer manter, e isso é saudável para a sociedade, mas não muito para as empresas.

A estas cabe a tarefa de se adequar aos novos comportamentos da população, algo que os administradores já estão acostumados a fazer.  Pesquisas de mercado são extremamente eficientes para validar uma tentativa de abertura de um novo negócio, mas invista também em uma boa análise de SWOT, e em sistemas de informação para o gerenciamento de empresas, os populares ERPs evitam que muitos erros sejam cometidos no percurso.

Conheça o ERP Brascomm, um sistema completo para o remanufaturador e 100% online, podendo ser acessado onde e quando quiser. Faça uma visita na seção de nosso site COMO FUNCIONA e em seguida solicite uma apresentação sem compromisso!

Sem comentário

Escrever um comentário

Comentário
Nome
Email
Website

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.