Quais as diferenças entre lucro real e presumido?

lucro real e presumido

Quais as diferenças entre lucro real e presumido?

Escolher o regime tributário para uma empresa é uma das decisões mais difíceis para os empresários. Muitos acabam tomando decisões equivocadas, principalmente por não contarem com um profissional contador para explicar detalhes de cada um dos perfis de tributação. Se você já conta com um bom contador em sua equipe mas ainda não entende muito bem o que ele quer dizer quando sugere um regime em detrimento do outro, este é o texto certo pra tirar as suas dúvidas.

A seguir iremos explorar algumas das características mais importantes de cada um dos perfis de tributação, o que pode te ajudar a direcionar uma escolha mais correta para o seu negócio, mas nunca dispense a consultoria de um contador, pois em alguns casos, apenas as contas e simulações podem demonstrar qual das opções é a melhor para o seu negócio.

Por que a escolha do regime tributário é tão importante?

Nosso país tem uma carga de impostos muito pesada, e se isso já prejudica uma pessoa física, o que dizer das empresas?! Além disso, não basta apenas pagar os tributos, as empresas tem por obrigação fazer uma prestação de contas detalhada, especificando suas atividades, o que está sendo produzido, quem está comprando, como ocorrem os pagamentos dentre outros detalhes mais profundos. Essas medidas são extremamente importantes para evitar que sejam cometidos os crimes fiscais que vemos a todo momento nos noticiários. Partindo do pressuposto que a sua empresa deseja estar em dia com os órgãos fiscalizadores, a melhor forma de minimizar os impactos dos impostos é escolhendo um regime correto para o seu ano-calendário. Isso mesmo, a sua empresa tem a opção de mudar de regime a cada período anual de arrecadação, e as opções são: Simples Nacional, Lucro Real e Lucro Presumido.

O programa Simples Nacional é, além de um regime tributário, um programa criado para facilitar a abertura de empresas, por isso, encaixam-se em suas diretrizes, apenas as instituições que possuem receita bruta anual inferior a R$ 3,6 milhões. A escolha do regime deve acontecer ao início de cada ano-calendário, e é irretratável ao longo deste, ou seja, feita a escolha não é possível mudar de regime durante o ano. Alguns dos tributos que são impactados pelas diferentes opções são: IRPJ, CSL, PIS e COFINS. Já o IPI, ICMS, ISS, e contribuições previdenciárias não são alterados pelo perfil tributário escolhido.

Uma vez que a empresa não se encaixe no Simples Nacional, cabe a ela escolher, ou seguir uma determinação por regra, entre os regimes de Lucro Real e Lucro Presumido, aos quais conheceremos um pouco mais a seguir.

Lucro Presumido

No regime de lucro presumido, a base de cálculo terá uma margem de lucro fixada, isto é “presumida” por legislação. Assim, a empresa não tem por obrigação auferir os lucros reais do período de apuração, exceto no caso deste ser proveniente de uma atividade extra da empresa como o ganho em aplicações financeiras. A porcentagem de lucro é presumida de acordo com a atividade de cada empresa, para o setor comercial há uma margem de 8% e para o de serviços de 32% por exemplo.

Quais empresas podem optar por ele?

Podem optar pelo Lucro presumido, todas aquelas empresas que faturem até R$78 milhões de reais por ano, e que não desenvolvam atividades de perfil financeiro, como consultoras, bancos comerciais, seguradoras, ou bancos de investimentos.

Vantagens e desvantagens

A maior vantagem para as empresas que optam por esse regime é a prestação de contas mais simples, atrelado a possibilidade de lucrar mais e pagar menos, pois a quitação seguirá o que foi declarado como lucro no início do ano. Entretanto, há um risco grande de sua empresa não corresponder à margem de lucro, e como a porcentagem de impostos não se altera, você acabará pagando mais do que deveria.

Frente a essas considerações, o lucro presumido deve ser escolhido mediante a certeza plena de que suas atividades corresponderão à margem de lucro estipulada pela legislação, vale também lembrar que a alíquota do PIS e Cofins é de 3,65% e é cumulativa, além de que, não existem abatimentos de crédito, salvo as devoluções e compras não finalizadas.

Lucro Real

O regime de lucro real, como o próprio nome denuncia, será baseado nos lucros líquidos auferidos no período de arrecadação. Este regime exige um detalhamento maior, pois a base de cálculo dos valores a serem entregues é muito volátil, levando em conta várias questões variáveis de um setor para o outro, e até mesmo entre empresas do mesmo setor.

Quais empresas podem optar por ele?

Podem optar pelo regime de lucro real todas as empresas que não se encaixarem no Simples Nacional, possuindo faturamento maior que R$3,6 milhões anuais, e por caráter obrigatório, todas aquelas que não são permitidas no lucro presumido, a exemplo de empresas que prestam serviços financeiros.

Vantagens e desvantagens

As vantagens do regime de lucro real só podem ser confirmadas a partir de cálculos de contabilidade, pois, dependendo da sua margem de lucro, e dos abatimentos que podem ser feitos, a exemplo do valor de insumos adquiridos, montante da depreciação de ativos, consumo de energia elétrica, o valor final a ser pago pode ser mais vantajoso do que o delimitado pelo lucro presumido. Além de que, caso sejam registrados prejuízos ao longo do ano, a empresa fica isenta do pagamento das taxas. A alíquota do PIS e Cofins é mais alta do que no lucro real, chegando a 9,25% sobre o seu faturamento. Embora pareça mais atrativo por conta dos abatimentos, o custo para  fornecer essas informações à Receita Federal também deve ser levado em conta.

Agora que você já conheceu um pouco mais sobre cada um dos regimes tributários, já deve ter uma ideia do modelo que trará mais benefícios para o seu negócio. Para confirmar essas suposições é sempre indicado contar com um sistema de gestão informatizado (ERP), a partir dele os cálculos serão bem mais precisos e as simulações podem clarear o caminho até a escolha mais correta.

A Brascomm é uma empresa de gestão empresarial ERP 100% online que atua no mercado há mais de 17 anos, buscamos nos inovar para fornecer sempre o melhor para nossos clientes e novos empreendedores que iniciaram sua jornada nos negócios ou que estão insatisfeitos com a tecnologia utilizada por não atender aos propósitos de sua empresa.

Solicite-nos uma apresentação e ajude seu negócio a alavancar!

Sem comentário

Escrever um comentário

Comentário
Nome
Email
Website

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.