O que é sistema WMS?

O que é sistema WMS?

Gerenciar um grande estoqueCONTROLE-DE-ESTOQUEW-01 é um trabalho pesado e complicado, ao identificar isso, profissionais da área de Tecnologia da Informação, se uniram aos conceitos principais de logística para desenvolver um dos sistemas mais eficientes na manutenção da cadeia de suprimentos dentro de uma empresa.

Trata-se do sistema WMS (Warehouse Management System), comumente chamado de Sistema de Gerenciamento de Armazéns, ele representa o conjunto de software e hardware que permite a rotação dirigida de estoques, com base em dados obtidos em tempo real. Um sistema WMS funciona de forma ainda mais satisfatória a partir da sincronização com softwares ERP, MRP, e outros programas de gestão, que proveem um banco de informações ainda maior para a análise.

Como já mencionado, um sistema WMS opera em conjunto de hardware e software, portanto os resultados não serão eficientes sem o investimento nos equipamentos necessários para a análise do estoque. Quando bem estruturado, o programa de WMS, tem a capacidade de gerenciar o estoque nos mínimos detalhes, pois em seu “cérebro” estão armazenadas as características tanto dos produtos, como do local de armazenamento.

Em grandes distribuidoras, o uso de WMS é indispensável, pois a má gestão do espaço pode acarretar prejuízos a longo prazo, por exemplo, armazenar produtos similares em prateleiras distantes não é prático, pois o tempo de alcance entre eles será muito maior do que se esses estivessem no mesmo corredor ao menos. Mas como o sistema estará apto a encontrar as melhores opções?

Pode parecer complicado e realmente é! Mas, as fornecedoras de programas WMS contam com o auxílio de várias tecnologias e técnicas para tornar seus softwares cada vez mais precisos e eficientes. Entre elas estão:

  • Utilização de códigos de barras
  • Uso de dispositivos móveis
  • Redes locais sem fio
  • RFID – Identificação por radiofrequência

Agora você pode estar se perguntando – Como esses conceitos trocam informações entre si? Basta comunicar tudo que acontece ao sistema e ele estará apto a encontrar soluções. A rotina de trabalho em grandes depósitos e armazéns segue um parâmetro básico de três blocos de atividade, divididos em: Entrada, Administração Interna e Saída. Em cada um desses blocos o sistema WMS será responsável por dinamizar, dividir e encaminhar as tarefas dos funcionários, seguindo o exemplo abaixo:

ENTRADA

Conferência do produto, ao receber uma certa quantidade de estoque, o sistema avalia a quantidade recebida e tipo da mercadoria, buscando então fazer a primeira triagem e sugestão de local para armazenamento.

codigo-de-barras-01-300x206

Estocagem, após a impressão de códigos de barras para cada tipo de produtos, o sistema indicará qual o melhor local para condicioná-lo, essa indicação pode ser feita por meio do código de barras da estrutura (prateleiras e paletes), ou numeração própria dos corredores e prateleiras.

ADMINISTRAÇÃO INTERNAarmazenamento-de-estoque-01-300x205

Transferência, o espaço é muito valioso dentro de um depósito, por isso o sistema WMS está atento ao local onde se encontra cada produto, podendo propor reorganizações que ocupem o local de maneira mais eficiente, possibilitando um volume maior de mercadorias.

Inventário, processo comum de forma periódica nos estoques empresariais, será auxiliado pelo controle mais profundo por meio dos WMS, a partir do uso de dispositivos móveis de identificação por radiofrequência, é possível catalogar os produtos guardados em todo o estoque, assim como as suas quantidades. Alguns sistemas mais avançados chegam a usar chips de identificação em cada caixa ou embalagem, facilitando ainda mais esse processo.

SAÍDA

controle-de-estoque-300x267Processamento de Pedidos, encontrar o item exato pedido pelo cliente não é nada fácil em meio a milhares de produtos, ainda mais se esses estiverem desorganizados. Com a utilização de um sistema WMS esse problema jamais acontecerá, a interface do programa indicará exatamente onde o produto está, ainda oferecendo rotas mais práticas e a junção de vários pedidos semelhantes por exemplo, otimizando o translado dentro do depósito.


Conferência final
, o produto passa ainda por mais uma conferência antes da expedição, e essa usa novamente os códigos de barras como ferramenta, assegurando que o cliente receberá exatamente o que pediu.

Produção de relatórios

Os relatórios gerenciais são a melhor forma de acompanhar os dados de uma empresa. Curvas ABC, médias de venda, margens de lucro, gráficos periódicos, são apenas algumas das representações possibilitadas pelo uso de um sistema WMS. Os sistemas ERP em geral já auxiliam a produção desses relatórios, mas o gerenciamento de Armazéns vai focar na gestão de estoque, oferecendo uma análise muito mais profunda do seu inventário, e das formas mais eficientes de organizá-lo.

Sem comentário

Escrever um comentário

Comentário
Nome
Email
Website

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.