Diferenças entre ponto de venda e ponto de contato

Diferenças entre ponto de venda e ponto de contato

A palavra “revolução” vem sendo usada muitas e muitas vezes pela geração atual de empreendedores, principalmente no que diz respeito à forma de abordar e convencer os clientes que têm se tornado cada vez mais exigentes. O pensamento inovador, por sua vez, vem dominando os empresários de primeira viagem, fazendo com que se multipliquem as franquias e surjam diversos produtos e serviços que infelizmente não durarão por muito tempo, em grande parte pela falta de sabedoria ao construir a relação com sua base de clientes e não conseguir imprimir em cada um deles a necessidade por aquilo que oferece e na outra parte por se tratarem de produtos de interesse efêmero.

A revolução no varejo vem acontecendo há um bom tempo, e os gestores mais atentos já projetavam um cenário parecido com o que acontece hoje, os conceitos de ponto de venda e ponto de contato acabaram se misturando, e se não se sabe em que categoria se encaixa, mais difícil fica gerir o negócio de forma eficiente.

 

O que mudou?

 

Para não dizer que tudo mudou, define-se que a ideologia da compra permanece a mesma, a empresa precisa convencer o cliente a adquirir o seu produto, a maneira como ela fará isso passou de uma para dezenas consoante à evolução a tecnologia. Não se abre mais as portas à espera de enxurradas de clientes invadindo as lojas (salvos em algumas ocasiões especiais), pois a migração para outros canais de venda é perceptível. O comércio eletrônico tomou conta da rotina dos consumidores brasileiros, tornando-se ao mesmo tempo um problema e uma solução para os empreendedores, basta migrar para o mesmo lugar onde estão seus clientes. Plataformas de e-commerce já não são tão caras, sistemas CRM e ERP ajudam a conhecer mais o cliente e direcionar as campanhas de marketing, basta ter a coragem de investir nessas ferramentas.

 

O que é um ponto de venda (PDV)?

ponto-de-venda-01

As tradicionais lojas físicas ou os quiosques espalhados em shoppings são a forma mais fácil de trazer esse conceito para a realidade, já que, trata-se de uma nomenclatura limitada, que abrange apenas os locais onde a venda é realizada, sem desdobramentos.

 

O que é um ponto de contato (PDC)?

ponto-de-contato-01

É qualquer um dos canais de venda gerenciados pela empresa em questão: televendas, e-commerce, aplicativos mobile e até as visitas porta a porta, mais que a venda, o ponto de contato é responsável pela experiência de compra ou seja, o que acontece no ponto de contato, poderá levar o cliente a repetir a compra e indicar para conhecidos ou odiar e fazer recomendações negativas manchando a imagem da empresa. Um ponto de contato não pode ser gerido com visão limitada às vendas mas sim à fidelização e captação de clientes por um prazo maior, garantindo um maior tempo de mercado para essa empresa.

 

Como o cliente está se comportando?

 

Para entender de uma vez a tal “revolução” que vem ocorrendo no varejo, basta relembrar o que se fazia antes de comprar um determinado item 10 anos atrás. Era comum ir até uma loja, onde lhe eram mostradas as opções e seus preços, procedimento repetido em mais alguns estabelecimento visando a economia na compra, após essas visitas escolhia-se aquele produto com melhor preço e qualidade, segundo a descrição do vendedor.

Hoje em dia, para pesquisar um produto basta conectar-se à internet, e lá estarão descritos os melhores preços, mas também as experiências dos usuários com cada marca e com cada loja, após os resultados serem filtrados o cliente ainda tem a opção de ir até a loja e efetuar a compra ou fazê-lo através do e-commerce quando disponível.

 

Quais os benefícios de um ponto de contato eficiente?

 

Alugar um imóvel, amontoar diversos produtos escolher um nome e abrir uma loja, se fosse assim tão fácil, os números de estabelecimentos fechando as portas não seria tão grande. Aproveitar uma tendência, ou o hype de um produto ou serviço é ótimo, mas tendencias mudam a cada estação, e o hype tem prazo de validade recorde, por fim seu investimento pode acabar te decepcionando. Construir um negócio sólido vai além do momento da venda, trata-se de construir uma conexão com seus clientes, utilizando a qualidade e condições dos seus produtos para se posicionar como a primeira opção no seu ramo.

Sem comentário

Escrever um comentário

Comentário
Nome
Email
Website

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.