Como um ERP pode gerenciar melhor seus contratos de manutenção

como um ERP pode gerenciar melhor seus contratos de manutenção

Como um ERP pode gerenciar melhor seus contratos de manutenção

Até algum tempo atrás, implantar uma tecnologia para um bom gerenciamento era um investimento muito alto e complicado, essas são características dificilmente encontradas nos ERP’s atuais, pois estes buscam se tornar cada vez mais acessíveis e intuitivos.

Gerir documentos é uma das tarefas mais importantes em um contexto corporativo, visto que, cada um dos papéis traz consigo grande relevância, e também informações de extrema necessidade para a execução do serviço ou entrega do produto em perfeito estado. Dentro da gama infinita de documentos, os contratos se destacam no quesito importância e urgência, mas existe ainda um tipo mais específico de impresso que costuma gerar algumas dores de cabeça para os administradores, são os: contratos de manutenção!

O que é um contrato de manutenção?

O contrato de manutenção tem a finalidade de manter serviços específicos para diferentes áreas, como na correção, ajustes, e reformas.

Um exemplo disso são os contratos de manutenção de impressoras, onde existe a troca de toners e quando necessário a manutenção dos aparelhos, o serviço já está incluso.

Outro exemplo, é o contrato de manutenção de elevadores, onde técnicos visitam os prédios como serviço de rotina, para verificar o funcionamento das máquinas, e caso haja algum problema, resolvê-lo também!

Existem diferentes tipos de máquinas, e cada uma delas precisam ser periodicamente analisadas, pois sabemos que a produção não pode parar pela falta de cuidado. A necessidade de gerenciar os contratos de manutenção surge de acordo com as definições que cada contrato apresenta, como os tipos de manutenção a serem feitas,  os momentos em que serão feitas e a frequência das mesmas. Pode se dividir o serviço de manutenção em dois tipos, confira abaixo:

Manutenção corretiva

É o tipo mais comum de manutenção, que é usada em diferentes tipos de situação, como na troca e inovação de peças.

Quando há falha no equipamento, ela consiste no conserto dos componentes que se desgastaram ou quebraram, e se necessária a substituição por uma nova máquina.

Manutenção preventiva

Esta existe para prevenir futuras falhas que podem ocorrer por desgaste natural do equipamento.

De tempos em tempos é realizado um serviço de rotina, evitando prejuízos e riscos maiores.

Sabendo que existem pelo menos dois tipos de manutenção, a necessidade de manter os seus contratos organizados é de suma importância.

Ter um sistema ERP que auxilia no gerenciamento pode facilitar o seu processo e a BRASCOMM possui alguns diferenciais como:

    • Gestão de números de série dos equipamentos, bem como toda sua rastreabilidade.
    • Gestão de Ordens de Serviços, sendo possível, indicar referência  a qual contrato e equipamento específico a ordem está sendo solicitado manutenção.
    • Gestão de Chamados que possibilita a identificação do contrato, o histórico do equipamento e sua rastreabilidade.
    • Possibilidade de gerar OS’s ( ordens de serviços ) de Envio e Retorno dos Equipamentos.
    • Apontar indicadores de uso do equipamento (por digitação ou leitura de arquivo) para cobrança de valores excedentes, no faturamento do contrato, conforme valor apontado.
    • Possibilita o mesmo cliente possuir mais de um contrato.
    • Um aplicativo que permite que o técnico tire foto da máquina que está sendo corrigida, e também da assinatura do cliente no documento necessário, facilitando e tornando mais ágil a correção.
    • Agora você já sabe como o gerenciamento e o controle de dados se tornam muito mais simples de resolver e os benefícios que os contratos de manutenção, dentro de um sistema ERP, podem trazer. Solicite agora mesmo uma apresentação e veja o que podemos fazer para você e seu negócio!

Sem comentário

Escrever um comentário

Comentário
Nome
Email
Website