Como Formar Uma Equipe de Alto Desempenho em 4 Passos

como-formar-uma-equipe-de-alto-desempenho

Como Formar Uma Equipe de Alto Desempenho em 4 Passos

Hoje a Brascomm veio trazer uma dica valiosa se você almeja levar seu negócio a outro patamar. Vem saber com a gente como formar uma equipe de alto desempenho, desde a contratação até a retenção.
Afinal, ninguém faz nada sozinho!

Devido a competição acirrada do mercado, é necessário que as empresas se atentem em formar uma equipe qualificada, comprometida e motivada.

É passo a passo que você quer? Então vamos lá!como-formar-uma-equipe-de-alto-desempenho

1. Como Escolher as Pessoas Certas?

Nada mais justo do que este ser nosso primeiro tópico, já que é a partir dele que damos início a jornada de formar uma equipe de alto desempenho. Então, aqui vão algumas dicas:

– Processo seletivo eficiente: crie um processo seletivo capaz de avaliar todas as competências e habilidades exigidas para a função, a dica é colocar o candidato em uma situação o mais parecida possível com o que ele vai enfrentar na prática.

– Realize diversas entrevistas: conversar várias vezes com os candidatos à vaga faz com que o empreendedor conheça cada vez mais esse profissional.

Fit cultural: Durante o processo seletivo, tenha em mente os valores de sua empresa e os valores do candidato, para ter certeza de que ocorra um match! Quando empresa e candidatos pensam e agem de modo similar, há sinergia e potencial para crescer. Imagine um talento impulsivo no meio de uma equipe metódica e planejadora, é difícil que exista a afinidade necessária ao sucesso.

2. Principais Erros na Formação da Equipe

Há alguns pontos que pedem atenção, já que são os principais erros na formação de times:

– Não saber por que um time é necessário: só faz sentido criar um grupo se a tarefa não puder ser executada por apenas uma pessoa.

– O líder construir um time à imagem dele: é normal que busquemos pessoas que nos identifiquemos, mas no papel do líder é preciso escolher pessoas com diferentes atitudes e habilidades, isso gera inovação nos processos e habilidades que se complementam.

– Contratação por sentimento de empatia: o processo seletivo realizado para avaliar os candidatos que concorrem a uma vaga deve ser bem elaborado. Para isso, o empreendedor não deve contratar pessoas com quem simpatize em um primeiro contato ou que ache que pode trazer bons resultados. É preciso determinar quais são as habilidades exigidas desse futuro profissional e analisar se esse candidato será capaz de agregar valor e se adequar à cultura da empresa.

 

Ok.. Digamos que você tenha passado por todas as etapas anteriores e tenha sua equipe selecionada.

E então, como aumentar/manter o desempenho e motivação dessa galera?

Aqui vão alguns pontos para te ajudar nessa empreitada…

3. O Papel do Líder

O líder é o item fundamental na formação de equipes eficientes, já que possuem contato direto com os subordinados e o poder de influenciá-los na motivação de seus resultados.

Para que seu papel seja executado de maneira eficiente, o líder deve:
– Aprender a escutar seus subordinados para que se sintam valorizados
– Ajudá-los em seu desenvolvimento
– Formar novos líderes
– Saber cobrar os colaboradores de maneira efetiva, de acordo com as habilidades de cada um
– Admitir seus próprios erros
– Ser um exemplo em comportamento no trabalho e boas práticas.

4. Harmonia no Ambiente Organizacionalcomo-formar-uma-equipe-de-alto-desempenho

Um clima competitivo e com pouca cooperação é capaz de tornar o ambiente desagradável. Cada colaborador é responsável pelo respeito e ética que pratica no trabalho, mas a cultura que a empresa incentiva influencia no comportamento de seus funcionários, e como consequência no clima da organização. Por conta disso é importante dosar o incentivo a competitividade, e promover um bom relacionamento entre os colaboradores

A empresa que visa melhorar cada vez mais o local de trabalho e o clima entre os colegas, pode optar por promover dinâmicas e treinamentos comportamentais.
Essas ações possibilitam conhecer o perfil de cada colega de trabalho em outra perspectiva, podendo gerar a construção de relações de amizade, que são refletidas na execução do trabalho.

5. Valorização do funcionário

Realizar campanhas de marketing, vendas, ou de resultados, com foco em incentivos e prêmios por desempenho de cada colaborador é uma boa pedida, além de motivar o funcionário e o fazer sentir-se reconhecido, os resultados produtivos aumentam.

Esses prêmios nem sempre precisam ser em dinheiro ou benefícios, a valorização do funcionário também significa investir nele, por exemplo oferecendo cursos, workshops, e maneiras de torná-lo mais bem desenvolvido e capacitado profissionalmente.

4. Plano de Crescimento

E por fim, mas não menos importante (e põe importante nisso!) traçar um plano de crescimento para cada colaborador. Para isso, é necessário traçar um perfil comportamental, e então, levando em consideração as competências do funcionário e os objetivos estratégicos da organização, instituir um plano de crescimento profissional. Nesse plano, deve-se observar as potencialidades do colaborador e de que forma elas poderão ser melhor desenvolvidas para alcançar os resultados esperados.

Essas ações permitem que as empresas que utilizam-nas obtenham maior assertividade ao formar uma equipe, pois conseguem ter uma visão macro, observando as habilidades complementares ou divergentes, incentivando o trabalho em equipe e valorizando o crescimento profissional de cada colaborador.

 

Esse post te ajudou a entender como formar uma equipe de alto desempenho? Esperamos que sim! Conte pra gente aqui nos comentários e contribua com a troca de ideias. Até a próxima!

Sem comentário

Escrever um comentário

Comentário
Nome
Email
Website

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.