Vamos negociar? 5 dicas de um bom comprador!

comprador

Vamos negociar? 5 dicas de um bom comprador!

Comprar de qualquer um, e de qualquer jeito representa hoje nada mais nada menos do que um grande prejuízo. A relação com os fornecedores é parte extremamente importante da cadeia de suprimentos em um negócio, e qualquer interferência tem capacidade real de prejudicar as suas finanças, e também o atendimento aos seus clientes. Portanto, a capacidade de negociar e ser um bom comprador entrando em acordos satisfatórios é uma das características mais notáveis em bons administradores, pois estes conseguem manipular as relações com a intenção de reduzir os seus custos e sair lucrando um pouco mais com suas vendas.

Ao se mencionar o termo negociar, deve vir à sua mente apenas o momento de contato com os fornecedores, mas aí têm-se um engano, a negociação acontece também durante o processo de industrialização, caso existam partes terceirizadas da sua cadeia, e até mesmo depois, no momento de transportar os seus produtos e encontrar a forma mais barata e segura de executar essa tarefa.

Nesse artigo iremos desvendar algumas posturas e práticas que podem facilitar as suas negociações futuras, e então trazer um bom benefício financeiro ao seu negócio.

1. Descobrindo a hora certa de comprar!

Um bom comprador sabe em que momento deve iniciar a buscar seus fornecedores e começar a estabelecer um contato com eles. Correr para os fornecedores na última hora é uma atitude que te leva a uma armadilha cruel, pois você ficará refém das condições que eles te oferecerem para não prejudicar os seus planos de venda.

Se você chega em uma negociação com prazos apertados ou até mesmo surreais, pode ter certeza que o benefício acabará indo para quem está lhe vendendo, não há como fazer boas compras sem um bom tempo entre o fechamento do negócio e entrega dos materiais.

É importante estar atento a períodos onde existe uma elevação na procura por seus produtos, uma vez que, você precisar abastecer os seus estoques de modo a atender a essa demanda. Se isso for feito a poucos dias do natal, por exemplo, é bem provável que sua empresa acabe comprando itens com preços muito maiores do que a alguns meses antes, o lucro vem do planejamento, então empenhe-se em ser um bom planejador, além de bom negociador.

2. Descobrindo o que comprar e como ser um bom comprador!

A antecedência é característica chave de uma boa compra, mas a efetividade dessa transação, se dá ao obter o que se precisa, e não meros paliativos para preencher o seu estoque. Algo fundamental para que você possa fazer suas compras de maneira antecipada é a organização, tanto do seu estoque de matérias primas como do estoque em processo. Lembre-se que é o elo mais fraco da linha de produção que determina a sua eficiência, desse modo, se algum dos processos estiver demorando por falta de recursos, todo o seu planejamento estará sendo afetado.

A ferramenta mais indicada para a organização de estoque é um sistema de gestão integrada, popularmente conhecida por Sistema ERP. A integração entre os seus dados propicia um controle rígido sobre as suas quantidades, permitindo ao administrador, registrar muito bem o que deve ser comprado, e o sinaliza para que isso seja feito em tempo hábil, antes que algum prejuízo chegue.

Leia mais: Como funciona a Brascomm!

A organização também deve estar evidente no contato com o vendedor, sendo feito de maneira diferente, ele pode perceber que você não sabe muito bem do que precisa, e acabará “empurrando” mais alguns itens que não fazem parte das suas necessidades no momento, o que caracteriza um uso ineficiente do seu dinheiro.

3. Procure fidelizar-se a um fornecedor!

Construir uma relação sólida com fornecedores é a melhor forma de fazer boas compras. Tome como exemplo o caso da varejista multinacional Walmart, e a gigante distribuidora P&G. A relação entre eles é tão profunda, que a Procter & Gamble tem acesso aos dados de venda das lojas da Walmart a todo momento, dessa forma a lojista nem precisa se preocupar em fazer pedidos, pois a própria distribuidora sabe do que eles precisam e quando precisam. Basta lembrar que a fidelização é algo que você busca dos seus clientes para oferecer-lhes um serviço cada vez mais personalizado e útil. De igual modo acontece dos fornecedores para com a sua empresa, quanto mais comunicação houver entre as duas partes mais fluídos serão os processos.

Tenha cuidado com essa fidelização, procure pesquisar e desenvolver a plena certeza de que este fornecedor não o deixará na mão em alguma situação, e que caso essa venha ocorrer, exista honestidade o suficiente para ser comunicado a tempo de buscar outras opções. Mantenha uma lista de potenciais fornecedores, assim, em caso de emergência, você não precisará procurar do zero!

4. Tenha metas definidas!

A compra para sobrevivência é muito comum entre os varejistas, eles costumam ir abastecendo seus armazéns de acordo com os acontecimentos do mês anterior, utilizando uma postura unicamente reativa e passiva ao mercado. Se você não tem objetivos para a empresa em que trabalha esse caminho é sim muito seguro, mas, se você deseja crescer, é hora de tornar-se um administrador ativo, que define e cumpre as próprias metas, e não fica à deriva esperando que o mercado venha ao seu favor.

5. Pesquise, e tenha cartas na manga!

Em uma situação anterior à fidelização, é importante diversificar a gama de opções, pesquise a fundo sobre cada um dos concorrentes dos seus potenciais fornecedores, e quando possível, os confronte com as condições mais favoráveis que esses oferecem, essas serão as cartas que você guardará na manga para o momento da negociação. Certamente você não encontrará quem ceda a todas as pressões, mas com certeza existirá aquele com a melhor relação custo-benefício, e com quem será possível construir aquela relação sólida sobre a qual falamos acima.

Um bom comprador é aquele que se organiza, a ponto de ter em mente as quantidades e variedades daquilo que precisa com antecedência. No momento da negociação, ele deve demonstrar ter metas bem definidas, e ter conhecimento prévio suficiente para confrontar os fornecedores em busca do melhor preço e das melhores condições!

Sem comentário

Escrever um comentário

Comentário
Nome
Email
Website